quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Preparativos para o Vale do Loire... Tours, Orléans e Blois


Estou prestes a chegar a mais uns dias de férias... Uma vez mais dediquei-me a pesquisar os destinos da Ryanair que prometia €6 por trajecto. Seleccionei Tours, no centro de França, vale do Loire, região conhecida pelos castelos de contos-de-fada e pela minha homónima Joana d'Arc, nascida e criada em Orléans...
Uma vez mais, embora seja uma viagem relâmpago, conto ir enviando notícias e fotos... Isto se conseguiur manter a máquina-fotográfica em punho com o frio que promete estar - hoje nevou por lá...
Grrrr... As luvas já estão prontas, o creme-de-mãos também... Que esta semana passe depressa! :)

Natal...


Chegou o Natal e, com ele, o "espírito natalício" - o que quer que isso queira dizer...
Fico sempre dividida nesta época... Se é verdade que adoro as decorações das ruas, a vontade de combinar jantares alusivos à época e a maior disponibilidade para DAR e RECEBER, também sou fã do consumismo da época e da busca pelo presente certo para aquela pessoa...
Por outro lado... É uma época de exploração de sentimentos, de misérias, de vontades... Hoje consegui ver 2 diferentes canais televisivos com reportagens sobre os sem-abrigo... Pergunto-me sobre a pedagogia implícita nestas reportagens... Será que o jornalista pretende educar o público mostrando que há quem (sobre)viva com muito pouco, buscando a comida no lixo, aquecendo-se com cartões velhos, ou será que pretende captar aquela imagem da miséria humana que o povo aplaude e assiste em silêncio, sem sequer se sentir incomodado? Confesso que a mim incomoda, e muito... Sou sempre muito participativa em campanhas de ajuda, já fui voluntária em vários peditórios, procuro todos os dias fazer alguma coisa que me deixe deitar a cabeça na almofada e dormir em paz... Não preciso chegar esta época para me sentir privilegiada, para sentir que preciso fazer alguma coisa para ajudar a evitar mortes por frio, por fome... Há quem não tenha um tecto para passar a consoada, mas também não tem onde se abrigar quando o sol do verão desidrata e escalda...
Se é verdade que a informação pode mudar mentalidades também traz à tona a nossa faceta voyeur com o que isso tem de pior... Se as instituições que promovem as diferentes campanhas são meritoriamente propagandeadas, pergunto-me se quem faz o bem precisa, efectivamente, de alarde... Se a instituição precisa porque tem que ir buscar fundos ou bens a algum lado, será que não há mecenas que no escurinho da sua privacidade ajudam tanto ou mais? Será que cada um de nós não pode fazer um pouquinho, ajudando a mudar o mundo???
Enfim... Chegou o Natal... Chegaram as músicas nas ruas, as luzes, as montras decoradas, quase esquecemos que o mundo está mais cinzento, mais escuro, menos convidativo... Sejamos felizes e durmamos sossegados todas as noites com a certeza que um pequeno gesto pode conduzir a um grande passo... Pelo menos nesta época...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

É que ele há coisas...

Em preparação para mais um grandioso fds de campo na CVP Pereira, chega a hora de balancear os últimos tempos... :)
No trabalho, tudo sobre rodas... Muitas questões e dúvidas para o novo ano que vem galopante... A fusão dos HUC com o CHC - e o novo CHUC - promete muitas novidades... A partir de Janeiro existe já um conjunto de especulações que, a seu tempo, avaliaremos se adequadas ou não... Mas as dúvidas são muitas... o nosso SU terá os dias contados???
Na CVP tudo como de costume... Muitos SBV/DAE (os cursos que dão entrada aos voluntários na CVP e que eu tenho dado a torto e a direito - o que significa que temos cada vez mais voluntários, o que seria bom se eles realmente ficassem depois de fazer o curso! E umas brincadeiras em preparação para este fds... Depois insiro fotos, prometo!
Nas Biologias... Bom, depois de 19,5 lá veio outro 19 nos relatórios de diversidade animal... Ainda nada de novo nos testes que fiz da semana passada...
Por fim... Vida pessoal? Tenho feito alguns esforços, mas a coisa anda difícil... Ando tão entretida com as diferentes coisas que já poucos dias consigo entreter-me a dormir a sesta, que tanto gosto... LOL
Claro que entretanto é bom dizer que fui chamada para Genéve, para prestar provas no ICRC (Comité Internacional da Cruz Vermelha) - precisam lá de uma enfermeira como eu, parece que... :) E dia 9, se tudo correr bem, lá vou eu em direcção à Suiça saber se eles pagam convenientemente ou se tenho mesmo que me manter por cá... LOL
Graças às várias actividades que tenho tido, o tempo para blogar tem sido menor... Mas para grandes novidades há sempre tempo, qualquer coisa eu aviso!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Testes

Estou desabituada de fazer testes... Hoje era dia de teste a zoologia... Uma cadeira que eu tenho particular gosto em fazer, uma cadeira de Biologia típica que dá gosto assistir...
Cheguei à hora e sentei-me num lugar vago. Apercebendo-me que havia mais lugares à frente peguei nas minahs coisas e cheguei à frente, não percebendo que com as canetas e os óculos levava também o teste que estava pousado na mesa... LOL Imaginem o frisson que causei à prof. quando viu que eu levava um teste na mão (que há-de ter pensado que eu estava a escolher o teste melhor - sim porque ali os testes são mesmo diferentes, com organismos diferentes, perguntas diferentes)... Uma vergonha... Só a mim...
Isto a juntar ao facto de a prof ser minha professora das práticas a quem tive que mandar um mail a dizer que me tinha distraido um pouco e que a data limite para me inserir num grupo de trabalho até 8 de Outubro me tinha confundido e só a 2 de novembro percebi que ainda não estava em grupo nenhum... Fantástico, estou cheia de futuro por lá! LOLOL Valha-me o 19,5... LOL

19,5...

Esta semana tive a minha melhor nota de sempre na faculdade... 19,5 num relatório sobre protozoários...
O relatório constava de um desenho e da respectiva legenda, pouco mais do que isso... Se as minhas prof. de Ed Visual do ciclo sonham com isto hão-de revirar-se de tanto ser rir (pensando: "Meu Deus, como serão os outros??")... LOL
A minha habilidade para o desenho sempre foi muito próxima do nulo... Passava com 3 porque parecia mal ter negativa a Ed. Visual, mas sempre fui tão desastrada... Parece mentira! Parabéns a Eu!!!!

Muito trabalho para quase nada...

Tenho estado ausente deste blog porque desde que regressei de férias não parei de trabalhar ora no hospital, ora na CVP, ora na faculdade...
É sobre o trabalho na CVP que hoje vou escrever...
Soubémos, já a meio do mês, que o Alto Comissariado da Saúde tinha lançado um programa de fundos para várias áreas de cuidados. Tinhamos várias coisas em rampa de lançamento mas optámos por um trabalho sobre formação para crianças na área do socorrismo. Era um trabalho inovador, um trabalho planeado com todo o carinho, um trabalho ao qual cada um de nós (dois enfermeiros e uma psicóloga) dedicou boa parte do seu tempo... Porque há coisas que fazemos pelo impacto das nossas acções no futuro, obviamente, trabalhamos muitas horas de graça (por muito difícil que seja para algumas pessoas entenderem) mas com a dedicação de quem há muito sabe que há pagamentos mais valiosos que o dinheiro.
Quando chegámos ao dia de submeter o projecto tivémos um tal conjunto de enguiços que chegámos às 17h (hora-limite) e ainda faltavam dois documentos. Cerca das 17h10 já tinha terminado o prazo e não foi aceite a nossa candidatura.
Mal sabíamos nós que tinha havido um problema na plataforma e o prazo foi, algumas horas depois, prorrogado até às 23h59... E nós só soubémos no dia seguinte...
Não bastava a frustração de tanto trabalho pelo cano, como depois ficamos a saber que sempre tínhamos tido tempo para submeter todo o trabalho se ao menos tivessemos ido ao site naquele mesmo dia... :(
Bom, para a posteridade fica a tentativa e o trabalho feito para uma próxima oportunidade. A nós mais ninguém nos apanha desprevenidos...
Prá próxima é que vai ser! :)

domingo, 10 de outubro de 2010

Bratislava




Adorei o sightseeing ao tamanhp de Bratislava... LOL

Budapeste




Antes da Norma de Bellini... :)




Não fica atrás da de Viena, pois não? (não aceito que me contradigam!!!)


A descoberta do ano! As chaminés húngaras com açúcar, chocolate, canela, o que se quiser!






Paprika... Do mais típico que pode haver pela Hungria!

Viena


Como as Joaninhas são importantes no mundo... :) Quero esta colecção só pra mim!


Presenting Charles Darwin a bordo do seu Beagle...






A Ópera... Não nos deixaram visitar? Fomos à de Budapeste que é muitoooo melhor!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Budapeste e Bratislava

A viagem está terminada e por dificuldades de postar antes cá vão os feedbacks de ambas as cidades...
Budapeste: uma agradável surpresa, uma cidade lindíssima, com muito potencial para crescer mais ainda... Os Húngaros são muito simpáticos, sempre disponíveis... Embora seja uma cidade com muita coisa por restaurar (lembremo-nos da ocupação soviética até há poucos anos atrás) e muito sentido de turismo para desenvolver é fantástico passear pelas ruas de Buda, atravessar o Danúbio para Peste, assistir à Ópera...
Mais vantagens? Ainda não existe euro por lá, portanto as coisas são substancialmente mais baratas do que no resto da europa, bem equiparadas aos preços portugueses em termos de alimentação mas com museus e espectáculos quase dados para o Tuga tourist... :) (ex. fui à ópera por 3,5eur e havia bilhetes mais baratos!)...
Bratislava: uma pequena cidade tamém nas margens do Danúbio, uma das capitais mais pequenas da europa... Diria que o centro histórico se vê mais depressa que o de Coimbra, mas também com muito encanto... :) Funciona mais como cidade de passagem que liga a viena-praga-budapeste.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Viena...

Como saber#ao vim de ferias para o centro da europa...
Estou hoje de chegada a Budapeste mas gostaria de falar um pouco sobre Viena. As fotos ficam para mais tarque porque nao tenho como inserir no hotel.
Entao Viena é uma cidade lindissima, monumental, cheia de palácios e palacetes... A Stephansdom foi numa agradavel surpresa porque nunca pensei gostar tanto da famosa catedral com mosaicos coloridos no telhado...
Foram 3 dias de descoberta e aventuras numa língua desconhecida - quem diria que o meu parco holandes ia permitir ler alguma coisinha em alemao!!!
Dificuldades: os museus sao muito caros, bem como os transportes em geral... A comida encontra-se a todos os precos embora as coisas mesmo tipicas - tipo a shnitzel que nao é mais que um panadinho ou a sachertorte (bolo de chocolate com compota) - sejam bem puxadinhas para os bolsos lusitanos...
O melhor: a descoberta de coisas que nao vem nos guias - por exemplo a igreja Maria vom Siege... Fantastico visitar a casa de Freud e a coleccao do Belvedere - com pecas muito interessantes.
Claro que como BioEnfermeira que tento ser nao poderia deixar de visitar o Museu de Histoira NAtural - que e passagem obrigatoria em todas as cidades que visito. A salientar? A Venus de Willendorf que mede 11cm!!! Sempre pensei que fosse muito maior! E a fantastica coleccao de pedras preciosas e meteoritos bem como a parte de zoologia - que tanto jeito me vai dar prá primeira frequencia ja daqui a um mes... :)
Em resumo:
Melhor de Viena - Stephansdom e a arquitectura do Innere Stadt - cidade antiga.
Pior - Os precos e nao conseguirmos ir a opera por só ter visitas guiadas ao domingo e os bilhetes comecarem em 50euros...

sábado, 25 de setembro de 2010

O essencial...



Muitos me têm perguntado o porque de voltar a Biologia... O meu curso de entrada na Universidade (antes de imaginar que se terminasse o curso o melhor que me podia acontecer era ir prá secção de vegetais do Continente)... Já lá vão quase 10 aninhos, mas afinal nunca é tarde para regressar...
Este imagem é bem exemplificativa do que pretendo... Haverá alguma coisa melhor do que sair de uma urgência hospitalar para fazer observação de aves/animais marinhos/...? Vão ser alguns anos de pesquisa e descoberta, serão anos de divertimento e de escape... E é uma área tão fantástica a biologia, não é? Só tem 3 senãos: química, física e matemática... Mas eu hei-de dar conta deles... Senão ficam por fazer... Também não vou para me matar a estudar, quero realmente tentar acabar o curso e experimentar uma vida diferente, mas não tenho pressas... E agora sem a pressão de arranjar um emprego que me sustente...
O melhor até agora? Um professor lembrava-se da minha cara de há 10 anos atras!! (disse que estou igualzinha! Lembrou-se da minha voz, eu era muito dinâmica nas aulas... LOLOLOL)...
O pior?? :) Chegar na terça-feira à aula de apresentação de química e saber que daí a 2 dias haveria um teste diagnóstico com temas do 10º e 11º anos... Fácil para toda a gente menos para mim que mal me lembrava de como escrever uma reacção química... Mas alguma coisa me saiu... A ver vamos agora... LOLOLOLOL Enquanto me divertir lá hei-de andar... ;)

Leaving on a Jet Plane



Hoje estou a acabar de fazer as malas... no caso a mochila... Prontinha para uma aventura que começa na próxima terça-feira...
Esta é uma das minhas músicas favoritas de sempre... :) Associada a despedidas difíceis sempre me fez pensar em tudo o que apetece fazer quando preguiça proibe de dar "aquele" passo em frente... E penso nas saudades que hão-de apertar...
Ainda não é desta que mudo de vida, mas uns dias de passeio e descoberta vão seguramente fazer-me bem... :)

Vou tentar mandar notícias nos entretantos...
Até já!!!!

sábado, 11 de setembro de 2010

Backpacking...



A escassos 15 dias da próxima incursão europeia tenho já tudo orientado para o que serão umas férias seguramente bem passadas...
Adoro pesquisar locais, definir rotas, encontrar alojamento/transportes/comida! Sou daquelas pessoas que define ao detalhe os sitios que quer conhecer, embora adore perder-me pelos sítios onde passo - como diria alguém, viajar é a arte de se perder pelas ruas e ruelas...
Sendo que adoro viajar sozinha (porque já viajei acompanhada por alguém que me limitava mais os passos do que ajudava a ir em frente!!) desta vez penso em tudo a dobrar, e com algum cuidado que a Di é uma jovem sensível... LOLOL ;)
Ou seja, estou já em contagem decrescente para o passeio... E mal posso esperar por por outra vez a mochila às costas e dar o baza!!! :D

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Setembro...


Os finais de verão trazem sempre alguma nostalgia... O tempo quente que está prestes a ir embora, o caos do trânsito prestes a regressar, a mudança de roupa no armário para adequar à nova estação, o regresso às aulas...
Acho que é por isto que eu nunca tenho férias em Agosto... :) Assim, o mês acaba e eu ainda mantenho aquela sensação de férias que aí vêm... este ano vou passear por Londres, Viena, Budapeste e Bratislava com a Di - que apresento nesta jolie foto... Vai ser tempo para esgotar o corpo (sim nós temos um programa de férias para andar a passear a torto e a direito) e libertar a mente do dia-a-dia, do habitual ram-ram, dos doentes e das doenças (pelo menos assim o esperamos)... :)
Para além disso, este ano, setembro vai trazer-me outra novidade... O regresso à escolinha com o recomeço da minha vida de Bióloga... Desta é que vai ser! :) Vou voltar a ir ao Continente comprar as novidades e canetas e dossiers, espectacular!
Como se tudo isto fosse pouco, ainda estou e pensar no que mais vou fazer para me entreter nos próximos tempos... As ideias são muitas, vou mandando notícias...

sábado, 14 de agosto de 2010

Casamentos em Agosto...


Este ano fui convidada para 3 casamentos (devo estar a tornar-me um ser social porque até hoje só tinha recebido 1 convite para mim mesma, ou então os meus amigos resolveram casar todos ao mesmo tempo! LOL)...
Juventude casadoira: quando pensarem em casar lembrem-se que Jul/Ago não é grande ideia... Muito calor, as quintas de casamentos devem ser caríssimas e os convidados estão, na sua maioria, de férias...
Para além disso o cabeleireiro tem filas de horas, a manicure tem que ser feita 2 dias antes senão já não dá tempo, a maquilhagem derrete com as altas temperaturas e, acima de tudo, eu sinto um rasto de suor por mim afora... Pra mais... 3 casamentos num mês implica que não dê pra fazer depilação em todos eles e que eu vá 3 vezes num mês ao cabeleireiro (quando o rácio tradicional ronda as 3 vezes por ano!!!!)... É preciso muita paciência... :p
Por tudo isto informo: a partir de 2011 vou a 1 casamento por mês, mais que isso só com orçamento de gastos... LOL
Felicidades a todas! :)

domingo, 8 de agosto de 2010

Calor...


Com estes dias de 40º à sombra nem apetece mexer... Acho que vou hibernar até Outubro... LOL ;)

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A subserviência...


Gostava de perceber o porquê das pessoas sem razão tenderem a gritar em vez de falar...
Há alguns dias dei por mim enxovalhada em pleno local de trabalho por alguém que considerava que eu não tinha "categoria" para uma determinada tarefa e que ainda era rude e mal-educada... Pergunto eu: não tenho "categoria"?? Será que a minha categoria profissional não é ser enfermeira?? Será que a pessoa queria falar em competência? Será que eu não tenho competência para tomar decisões??? Mal-educada (esta acho que nem consigo comentar... O que é a minha falta de educação comparada com a boa educação de quem entra aos berros na minha sala chamando-me de pessoa sem categoria e mal-educada???)??? Ou será que a minha categoria, a minha competência e a minha educação não são suficientes para me trazer respeito??
Porque será que alguns colegas mantem uma atitude subserviente pedindo favores e desculpas a todos os que nos rodeiam, como se a nossa profissão tivesse que pedir favores e desculpas para existir... Ainda temos mesmo muito chão a percorrer...

sábado, 31 de julho de 2010

Quem se lixa é sempre o mexilhão...


Prometi este post a alguns colegas de profissão para tentar reflectir algumas dificuldades na vida de um enfermeiro...
Lidar com vidas não é fácil, lidar com stress de doentes e respectivas famílias é ainda mais difícil, lidar com a desorganização e com políticas discutíveis complica muito...
Aquilo que devia ser uma defesa torna-se cada vez mais uma ameaça (por incongruente que possa parecer) - os registos de enfermagem, quanto mais exactos, mais mostram que estavamos devidamente atentos, mais responsabilizam. Se eu detecto uma falha e registo quebro a cadeia de erros que daí pode advir mas em seguida sou eu responsabilizada porque existia um erro (!!!!!!!)...
Hoje a classe profissional está desmoralizada, desmotivada, desmembrada... Lutas acéfalas que não levam a lado nenhum, o domínio dos "anos de casa" contra a formação contínua e a vontade de aprender, as intrigas de sacristia e os preconceitos...
O que pode existir de pior a uma organização do que ter uma pessoa que considera que fazer formação não a vai levar a lado nenhum, por isso é preferível gastar o dinheiro em outras coisas??? E o pior? Ter várias pessoas na mesma situação? É negando a importância da actualização e do enriquecimento curricular que as empresas perdem, e os profissionais também (mas infelizmente preciso de lhes dar razão)...
Quem achava que com mais enfermeiros resolveriamos todos os nossos problemas também estava redondamente enganado... Agora temos uma pressão real: se não queres fazer assim há muito quem queira... E não foi por existirem mais enfermeiros que eles passaram a fazer parte dos serviços, não se melhoraram os cuidados prestados... Temos agora um receio constante que alguém venha para o nosso lugar e tudo serve de desculpa...
Precisamos de método, de organização, de cabeças-pensantes e não de cabeças-fantoche... Precisamos de nos defender e de sermos defendidos por todos! Precisamos dar um novo rumo para que a classe deixe a frustração de lado e comece a ter objectivos e convicções que a leve a algum lado... Precisamos de deixar de nos sentirmos lixados e assumirmos o que fazemos e onde queremos ir...
Precisamos de deixar de ser o mexilhão...

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Escolhas...

A vida é mesmo feita de escolhas... Tenho andado desiludida/cansada das minhas... Precisava de uma lufada de ar fresco, como se fosse Monty Python "and now for something completely different" vou agora tentar mudar um pouquinho de vida pra ver como fico... Penso regressar aos bancos da escolinha (sim, o que é a Universidade senão uma escolinha maior?) e abraçar um novo desafio... Vou mandando notícias... :)

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Pearl Jam

Após muitas confusões, trocas e baldrocas, lá consegui reorientar-me para ver Pearl Jam... :) Um concerto memorável, com o Eddie Vedder em grande forma... (Sim, eu estava à frente, sim ele deu-me a mão e sim ele fez um brinde á CVP quando eu estava a filmar discretamente)... :) Pena é que estando no fosso da segurança não possamos fotografar mesmo ao pé do palco e tenhamos que fazer fotos à distância, mas a experiência ficou cá dentro... :D
video

Optimus Alive 2010

Este ano tive oportunidade de conhecer um festival de verão por dentro das equipas de socorrismo. A CVP Pereira uma vez mais marcou presença e fez sucesso junto de quem mais precisava... :p
Uma avaliação globalmente positiva que não deixou de me trazer algumas questões:
1 - A facilidade de estar na nossa terra permite-nos marcar horas para entrar ou sair, ou seja, o nosso volutariado é facilmente negociável e escalonável...
2 - Quem é convidado não pode fazer má figura, faz todos os turnos e descansa o mínimo porque é convidado e não vai chegar ou sair sem os donos da casa...
3 - Quando mais gente faz falta, alguns elementos saem já tendo em vista as arrumações do final - que são de facto bem chatas para quem está lá há tantos dias, mas que ficam mais fáceis com mais gente e com as pessoas que não estiveram lá 3 dias das 14h30 às 05h...
4 - Fazer equipa com elementos de outras Delegações sem que nos sejam minimamente apresentados faz com que não saibamos com quem estamos a trabalhar e menosprezemos/sejamos menosprezados nas nossas competências (houve quem me perguntasse que estava à votade para ver uma TA)...
Enfim, apesar de todas estas questões foi muito interessante poder conhecer elementos de outras Delegações, conhecer a organização da CVP em eventos mediáticos e muito concorridos e, acima de tudo, foi exemplar a forma em que estava a equipa de Pereira com elementos que se conheciam de alguns serviços mensais e que se conseguiram efectivamente tornar uma equipa. Parabéns a nós!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Virar a página...

Hoje é dia de virar a nossa página... A vida é feita de escolhas e as nossas há muito que estavam feitas, só faltava coragem para as assumir... E normalmente isso é o mais difícil...
Depois de anos de encontros e desencontros, a partir de hoje a página volta a ser só minha...
Curiosamente e pela primeira vez em muitos anos, viro a página em vez de a rasgar... Quero voltar atrás muitas vezes e poder reler tudinho... :) Especialmente as partes boas (acho que não preciso saltar nada, pois não?)...
Beijo doce e... até um dia...

Além-Fronteiras

Sempre pensei trabalhar algum tempo fora do país... Sempre me imaginei a fazer vida de circo: de um lado para o outro a assentar por algum tempo e levantar acampamento quando me sentisse cansada...
Até hoje, a minha vida profissional ainda curta já conta com vários locais de trabalho porque a certa altura acho que o sítio onde estou já não constitui um desafio tão grande que me faça ficar... Detesto sentir-me confortável, detesto chegar à conclusão que a maioria das situações que me aparecem já surgiram antes e não são uma novidade...
Quando fui para a urgência acreditava que ía ficar por uns 10 anos para realmente estar à vontade, e daí ter pensado que era na urgência que ía fazer a minha vida profissional... :) Neste momento sinto esse desafio constante, todos os dias surge algo de novo, todos os dias tenho desafios diferentes, todos os dias lido com doentes diferentes (bom, uns mais que outros...)... Mas descobri dois problemas:
1 - Lidar com as famílias em stress... Poucas famílias enviam familiares e ficam em casa à espera... Menos famílias ainda enviam os familiares e ficam descansadas porque confiam nos profissionais que estão a trabalhar... A grande generalidade fica à porta ou entra para visitas rápidas e está num stress gigantesco com o qual é difícil lidar... Sendo que eu compreendo profundamente o stress - basta imaginar-me a ir com a minha mãe a uma qualquer urgência do país que não a minha para pensar que ía tentar de tudo para a acompanhar - tenho enorme dificuldade em explicar as coisas de forma a ser entendida... Ou as pessoas têm enorme dificuldade em entender-me... E, uma vez mais, eu até compreendo, porque se fosse comigo era exactamente igual... O problema é que no papel de profissional eu não posso ficar a chorar com aquele familiar, tenho que vestir a minha capa profissional e falar de forma profissional, o que quer que isso seja... Tenho que dizer que "o seu marido acabou de morrer" como se estivesse a dizer que ele foi fazer um Rx, tenho que informar que a situação é muito grave tentando transmitir alguma empatia, mas da forma mais profissional possível, por muito que me custe pensar que se fosse eu do outro lado iria ficar desesperada... E não sei resolver isto, não sei lidar com isto...
2 - Tenho um amigo (na verdade é quase como um filho, LOLOLOL) na Guiné numa missão da AMI. No final do meu curso fui também seleccionada para ir 2 meses para Cabo Verde mas no final acobardei-me e preferi ir para o Hospital - onde tinha uma hipótese de começar a carreira, porque se fosse com a AMI quem sabe quando arranjaria emprego a sério??? Mas agora...
O que me imagino a fazer no futuro? Seguramente qualquer coisa muito fora dos hospitais tradicinais... Imagino-me na área pré-hospitalar (onde não existe carreira e a breve trecho me parece que deixarão de existir enfermeiros...), imagino-me em missões de emergência para trabalhar com urgências/trauma que me desafia constantemente, imagino-me alguns meses com comunidades perdidas no mundo a fazer educação para a saúde... Mas uma vez mais lembro-me que destas vidas não faz parte uma vida estável (estou a ficar velha, não estou? eu sei que é isso que estão a pensar)... E por estável pretendo dizer que se sair agora do contrato a tempo indeterminado para ir para a AMI, para a Cruz Vermelha (da qual faço parte a pensar um pouco nesse futuro) passo a não saber se estarei a trabalhar no próximo mês, passo a deixar de pensar em comprar a minha casinha e organizar as minhas coisinhas, passo a deixar de vez de pensar em encontrar alguém para compartilhar o futuro (sendo que se não fosse enfermeira há muito tinha deixado de pensar nisso, mas hoje acho que morrer sozinha é triste demais...)... Claro que sou muito nova e as oportunidades surgem para se aproveitar...
Tudo isto para dizer que neste momento muita coisa me faz pensar no futuro... Muita coisa me faz acreditar que tudo há-de mudar... Ao mesmo tempo, muita coisa me faz desconfiar que quando surgir a oportunidade eu vou recusar por qualquer motivo que, um dia mais tarde, me fará pensar "porque é que não fui????"... E não me quero arrepender do que deixei de fazer....

Hoje...


Hoje é um daqueles dias gostosos de verão em que apetece ficar na praia até anoitecer... É nestes dias que tenho saudades de Lisboa, onde a praia estava a 15 min e havia sempre alguém sem nada que fazer pra vir experimentar uma patinadela ou fazer um raide às prateleiras do continente para levar o farnel - né lopes? aí na Guiné aposto que não tens donuts e croissants de chocolate e pão com fiambre e.... - e por isso hoje estou saudosista... :)

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Feira Medieval de Coimbra

Sou grande fã de feiras medievais, e como não poderia deixar de ser lá me desloquei para a feira da Sé Velha que todos os anos traz novidades: comida deliciosa, doçaria conventual e uns recuerdos muito originais, para além de actividades a cada esquina... :) Aconselho a visita no futuro...


O meu novo chapéu à Robina dos Bosques...


Um frade a acrescentar o meu nome a uma gravura...

sábado, 12 de junho de 2010

Férias IV: Playa de las Americas...

Os últimos dias foram passados a descansar na praia... :) Solinho e um pequeno escaldão já deram para saborear estes dias de "dolce far niente"... Algumas imagens em forma de ilustração...


Praia... De areia preta mas bem simpática, não?


Surfistas ao pôr-do-sol...

E agora venha o trabalho que tenho que sustentar o próximo passeio!

Férias III: La Orotava e Monte Teide

O terceiro dia de férias foi reservado para a viagem para Sul através da vila património mundial de La Orotava e do Parque Natural do Teide - o ponto mais alto de território espanhol, um vulcão ainda activo com 3718m!


Festa do Corpus Christi com tapetes de areias vulcânicas no centro de La Orotava!


Casa dos Balcões: histórica e conhecida pelas varandas de madeira típicas da região


Na casa dos Balcões... (abençoado timer das máquinas fotográficas!)


Primeiro vislumbre do Teide


Várias formas de solidificação das lavas...


O teleférico que me levou dos 2100m aos 3555m de altitude em 8min... Claro que depois não podia correr bem e fiquei 15min naquela zona para recuperar da doença de altitudes e descer... LOL Prá próxima vou a pé pra me aclimatar... Pior... Crianças, adultos e idosos por lá a brincar como se nada fosse... Pirosos!

Ficamo-nos por aqui neste dia... Recordo a viagem como uma espectacular sucessão de ambientes: desde a floresta húmida/tropical do norte, até ao clima desértico do Teide e do sul, com as formações vulcânicas e a experiência da subida até uma altitude que nunca tinha experimentado... Momentos a recordar... ;) E a aconselhar: quem for a Tenerife visite o Teide, mesmo que não se atreva a chegar ao teleférico - aquilo é pra rijos! LOL

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Ferias II: Santa Cruz de Tenerife e La Laguna

Agora com imagens relativas à capital de Tenerife - Sta Cruz, e à cidade vizinha, património mundial de La Laguna (antiga capital)... Duas agradáveis surpresas... Sta Cruz como um paraíso para compras, uma cidade moderna, com museus aparentemente interessantes (aparentemente porque à segunda-feira estão fechados e os poucos abertos fecham das 13h30 às 17h para la siesta e foi precisamente a essa hora que por lá deambulei...).


Museu do Homem e da Natureza - um dos que tive pena de estar fechado... Com múmias guanches (civilização pré-espanhola que estaria a viver no neolítico na altura...) perfeitamente conservadas...


Dragoeiro - a árvore típica da região...


Ruas de comércio em Sta Cruz


A Zara não falta em lado nenhum... ;)

La Laguna: cidade universitária verdadeiramente cativante, com todo o centro histórico devidamente recuperado e de enorme interesse cultural...



quinta-feira, 10 de junho de 2010

Férias I: Tenerife - Puerto de la Cruz

Acabadinha de chegar de uns dias de passeio e relax cá vem a fotoreportagem de alguns dos momentos mais interessantes da viagem a Tenerife. Uma agradável surpresa a 2h de vôo, com paisagem de floresta tropical a norte, um vulcão com 3700m a meio e desértica a sul. Como normalmente não consigo passar mais de 1 dia inteiro na praia lá consegui conciliar os passeios às vilas Património Mundial de San Cristobal de la Laguna e Orotava, bem como Santa Cruz de Tenerife - capital.
Passei duas noites no norte: Puerto de la Cruz, estância mais antiga da ilha, com um porto muralhado muito interessante. Ponto negativo? O tempo... no norte as nuvens tapam completamente o sol, a humidade é muito maior e a praia não tem a maior das afluências pelo que é deixada um pouquinho abandonada... Vale a pena pernoitar como ponto de partida para a exploração das cidades do norte...


Puerto de La Cruz - Rua com as típicas varandas de madeira trabalhada


Puerto de La Cruz - Porto

domingo, 30 de maio de 2010

Atestados médicos...

Mais uma reflexão sobre a facilidade que é a existência em Portugal...
Apesar de ser enfermeira não pertenço à ADSE. Por esse motivo dependo do médico de família - exclusivamente - para os atestados. Como em 4 anos nunca precisei de atestados, a minha vida era feliz... Até a quinta-feira passada...
Como não estava em condições para trabalhar - aliás, estava, só precisava de coxear um nadinha - precisava de um atestado médico (que graças ao simplex é feito online e enviado directamente para a segurança social!)... Ou seja... Tive que ir ao hospital pedir um relatorio para depois ir ao Centro de Saúde pedir um atestado... Claro que entretanto pago taxa moderadora em todos estes serviços!
O que se conclui com isto? Que quem está doente/lesionado/... bem tem que se esforçar porque não é qualquer um que tem atestados - direi mesmo que é só para vencedores! E assim se combate o absentismo em Portugal... Ou não!

sábado, 29 de maio de 2010

Optimus Alive



Bilhete comprado! :) Pearl Jam e Gogol Bordello numa só noite... ;) Lá estaremos!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

ENEE 2010



Este ano eu devia ter adivinhado que algo não ía de feição... Sucessivos adiamentos para ir até ao Furadouro não mataram a vontade de reencontrar alguns ilustres camaradas de trabalho/festa/curso/... Chego no dia do grande Quim Barreiros prontíssima para o moche da Garagem da Vizinha. A banda anterior era a banda Red: que eu aconselho a seguir atentamente que até a música do Dragon Ball tocaram! Brutal!!!... Ora pois que num dos momentos de extase das músicas dos nossos tempos esta amiga que vos fala estava mesmo na linha da frente ao pé das grades foi levantada no ar pousando com uma dor lancinante na anca direita... Depois de me tentar aguentar cheguei à conclusão que a cama era a melhor ideia e regressei a casa... Sem melhoras no dia seguinte fui ao Hospital de Aveiro onde, graças ao colega da Triagem, fui prontamente atendida por Ortopedia que (mesmo contra a minha vontade que só queria um voltaren e um relmus IM) insistiu em fazer um RX confirmando que tenho um estiramento da inserção dos músculos que ligam à crista ilíaca direita (o que significa que em vez de doer 1 músculo doem vários!) + uma pequena fissura de cerca de 1cm no bordo inferior da dita crista ilíaca que poderá trazer-me complicações...
Moral da história: vou ficar em repouso com gelo e pouco mais para tentar fazer noite amanhã e logo vejo como fico... pelo menos 3 dias de repouso aconselhável e seguramente 3 semanas de dor muscular se não houver complicação por parte da dita fissura... Tenho alguma sorte??? Grumpf... É defintivo: estou velha e gasta! Pior... Agora posso ser gozada até ao infinito com o andar novo que tenho... LOL

domingo, 23 de maio de 2010

A crise...

Estou a planear uns dias de descanso na praia... Como o tempo é de crise e este ano também para mim é de consolidação orçamental (o que tecnicamente significa que vou chegar ao fim-do-ano sem dívidas mas também sem dinheiro) queria fazer a coisa por baratinho...
Pensei: vou pró algarve, passo uns dias, contribuo pró PIB do país... :) podia ir de carro, mas descobri que pela ryanair vou do porto a faro por 6,30eur ida e volta... Comecei a ver hotéis... Preços rondam os 200eur para 4 noites (quartos individuais são mais caros!) só com pequeno-almoço fora os transportes de faro até ao local - o comboio é caríssimo, p.e., faro-albufeira são 10eur!!
Entretanto pensei: deixa cá ver o que temos mais, e surgiu-me:
1 - Fez, Marrocos: vôo via Madrid fica em 40eur + 200 alojamento para 4 noites em riads 4* ou 5* em meia pensão;
2 - Tenerife, Espanha: vôo directo 40eur + alojamento 4 noites 125eur em 1/2 pensão em resorts 4*;
3 - Malta: vôo via Barcelona 90eur, alojamento 4 noites com PA 95eur (hotei 4*);
4 - Dublin, Irlanda: vôo directo 75eur + alojamento 3 noites em hotel 3*sup 90eur.
Ora agora expliquem-me como hei-de eu contribuir para o PIB se tenho tantos destinos a gastar o mesmo ou menos em locais totalmente desconhecidos com culturas diferentes e muito mais apelativas? Não comecem a pensar baixar os preços no algarve não... :p Agora vou tratar de decidir, mas cá me cheira que vou pra fora e não será cá dentro!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Eu e os papéis...

Tenho um pequeno problema: papéis! Perco papéis a toda a hora, seja bilhete de avião, seja ticket de estacionamento, seja código do cartão multibanco antes de o alterar, seja o próprio cartão multibanco... Enfim...
Já consegui perder o passaporte - a minha santa mãe, nos dias que correm, logo a seguir a dar-me beijinhos pelo regresso de uma viagem pede o passaporte, nem pergunta mais nada, e sõ me larga quando lho dou! - e agora perdi a carta-pin do CU. Claro que me dirigi ao Registo Civil onde fui atendida por uma sra que imediatamente olhou para mim espantada e disse "mas isso é gravíssimo! e agora??"... err... pois... era por isso que eu lá ía!
Depois de quase 15min de telefonemas e perguntas lá se descobriu que não era preciso emitir novo cartão e bastava pedir segunda via da csrta - que novidade! - e, uma vez mais, tenho a minha mãe a dizer "quem guarda a segunda carta sou eu! nem lhe pegas... Vou contigo ao registo por via das dúvidas"... LOL Só a mim... Porque é que não fazem tudo sem papéis de vez??? :p

terça-feira, 11 de maio de 2010

Noites de trabalho durante a Queima...

Há uma coisa que me impressiona sempre: como é que um jovem ""aparentemente embriagado" consegue vomitar e ficar a rebolar no próprio vómito??? Mesmo quando acaba de vomitar e lhe digo que vou já buscar um resguardinho até poder vir trocar a roupa...
Isso e quando dizemos "tenho que picar pra tirar sangue, preciso que não mexas o braço"... e o braço fica a parecer um autómato e se há coisa que não faz é ficar quieto... Enfim... LOL Faz parte da queima, não? Mas será que não podiam evitar aparecer no Hospital? Podiam ser noites tão mais calmas... :p

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Queima começa hoje...

Hoje começa a queima, começam também os jantares, as noites do parque e o regresso, mesmo que por uma semana, aos bons tempos de estudante... :)
FRA!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Até para estar doente é preciso sorte...

Nos dias que correm a sorte define quase sempre o sucesso ou insucesso das nossas acções... Claro que não é nada fácil controlar o critério sorte o que dificulta em muito o nosso futuro...
Hoje foi um daqueles dias em que senti que até para estar doente é preciso ter sorte... Sorte em estar pouca gente na urgência para ser atendido depressa, sorte em ter uma equipa médica predisposta a trabalhar rapidamente, sorte em ter enfermeiros disciplinados e habituados a trabalhar sem hesitações, sorte em ter o apoio imagiológico disponível, sorte em acertar no horário em que todos os profissionais estão disponíveis, ...
Este foi um daqueles dias em que saí frustrada... Em que estive metade do turno sem ter o que fazer e a 3h a correr com vidas nas mãos... 1 EAM, 1 EAP e 1 TVM por #D8 foram suficientes para metabolizar o meu almoço em segundos e dispender glicose em método e organização do caos... No final o balanço é sempre pessoal... Será que podia ter sido melhor? O que podia ter feito diferente? Especialmente porque deixei o turno como não gosto (embora todos os que trabalham em urgência saibam que quando as coisas aparecem no final do turno não são passadas devidamente estabilizadas, mas...), saí com a sensação que me faltou fazer um ror de coisas e ainda tive a pontaria de tudo ter acontecido numa hora em que não tinha AAM para ajudar no mais básico... Enfim, até para ficar doente é preciso ter sorte... :p
E o curioso... Acho que este pensamento nos ocorre a todos, mas custa a passar...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Novo Background

A pedido de várias famílias aqui fica um novo background que, espero, tenha mais a minha cara... LOL Senão mandem ideias...

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Cartão do Cidadão

Hoje fui tratar do Cartão Único (doravante considerado CU)... Resolvi, por comodidade, ir ao registo civil de Condeixa que me fica mais perto e normalmente tem menos gente que a loja do cidadão em Coimbra... Claro que eu já devia saber que era má ideia uma vez que sou filha da chefe da estação de correios da terra, ou seja, toda a gente que não me conhece quer passar a conhecer e saber dos detalhes mais íntimos da minha existência...
A funcionária começou por olhar atentamente para o BI procurando a minha filiação (parece que farejam) e lá acabou por dizer "ahhh, a menina é filha da D. B.?" ao que eu tive que dizer que sim (era óbvio, o nome estava lá e não dava para negar)... E passo a transcrever com o máximo de exactidão possível parte da conversa que se seguiu e que permitiu que o sr do lado atendesse 2 pessoas para o mesmo e começasse uma terceira (até porque o discurso da funcionária para além de lentificado era frequentemente entrecortado por humm e hã):
- Eu realmente estava a conhecer a sua cara... Então a menina estudou o quê? (e se eu não tivesse estudado pra nada?)
- Sou enfermeira
- Ahhhh... A minha sobrinha também é... Deve conhecer... A Ana Teresa (ya...)
- Ana Teresa? Pois, assim de repente não estou a ver...
- Então não está a ver? Ele mora no Sebal... Sabe de certeza...
- Pois, talvez...
- Ela está no 3º ano do curso...
- Ahhh pois, tá quase a acabar...
- Pois está... Já está a ver quem é???
- errr... Não...
- Então mas a menina vem renovar porquê?
- Porque morei em Lisboa e agora que regressei quero actualizar (tinha morada fiscal lá)...
- Morou em Lisboa? A minha sobrinha está lá a fazer um estágio..
- Ah... faz bem...
- Os outros não quiseram ir, mas ela foi que é muito aventureira...
- Ah... Pois...
- Ainda não está a ver quem ela é? Ela namorou com um rapaz de cá de Condeixa... O João... (boa! a ana teresa que namorou com o joão, parece que estou mesmo a ver... grumpf)
- Que João???
- O João... Que o pai está reformado e teve um acidente...
- Ahh parece que estou a ver...
- Está a ver? É a minha sobrinha...
- Ahh que sorte!
E pronto... este é um pequeno excerto do que foi a minha ida ao registo civil...
Ainda dizem que há lentidão na função pública... Que injustiça!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Bancos...

Ontem fui ao banco para anular dois cartões que, verdade seja dita, não me servem para nada!
Claro que a sra da caixa ficou indignadíssima por eu querer ficar sem aqueles dois cartões maravilhosos - um design exclusivo, com anuidade zero, cheios de vantagens e descontos - e imediatamente se lançou numa verborreia de vantagens em trocar os cartões antigos por aqueles novos...
Primeiro erro meu: ir ao banco quando saio da noite... Fico tão lerda que até oiço as barbaridades que me dizem e considero que até podem ter razão!
Continuando... Quando eu já estava convencida que o meu antigo cartão de débito tinha exactamente as características do novo mas o novo não tinha anuidade e por isso valia a pena eliminar o antigo, pensei que o novo estaria guardado em casa... e mandei logo cancelar o anterior... Burra! Obviamente que o cartão novo está em casa mas tão bem guardado que tão cedo não o vou encontrar... (logo eu que só não perco a cabeça porque ainda está agarrada ao pescoço...)
Depois passámos ao de crédito... Uma vez mais o antigo tinha anuidade e o novo não tinha, porém o novo não permite fazer qualquer operação em caixas multibanco e tb n permite mudar o código, ou seja, na prática não permite fazer nada do que eu preciso à excepção de pagamentos a crédito que eu faço 1 vez por festa... se tanto! Expliquei por a+b que não valia a pena, etc etc etc... E aqui a simpática sra volta à carga e acrescenta: se esse cartão não compensa tenho um que é indicado para si... Pode abrir um PPR (plano poupança reforma) por 25eur e tem direito a um cartão que faz tudo e mais alguma coisa... Vantagens do PPR? benefícios, fiscais, e um dinheirinho extra prá reforma... Aqui é que preciso de uma ajuda: como é que se explica educadamente que na minha idade eu desconfio que nunca vou ter direito a reforma e que benefícios ficais de 25eur serão iguais a zero? É que eu tentei de várias formas mas tudo o que consegui foi voltar para casa sem o cartão de débito de que realmente preciso e com os dois de crédito que mal uso...
Eu mereço muito ser enganada... Não me voltam a apanhar num banco a sair da noite, pelo menos não pra negociar...
Grumpf...

Primeiro mergulho do ano (em Portugal...)



Hoje foi o grande dia do primeiro mergulho do ano... :) (em Portugal, uma vez que já me tinha banhado para os lados do Mar Morto, mas também não podemos considerar que lá seja possível mergulhar...)
Aproveitei um dia de folga e rumei à Figueira para poder matar saudades do mar, da areia, da praia... Com um calorzinho bom às 10h não havia ninguém no horizonte da praia, o que aumentou significativamente o interesse da viagem...
Como não poderia deixar de ser o frio da água não permitiu mais do que alguns segundos de braçadas e uma batida em retirada estratégica antes que as estalactites do nariz aparecessem... Ainda assim, deu mesmo para relaxar e lembrar uma das coisas boas de ser enfermeiro e trabalhar por turnos (sim, não é tudo mau!): podemos ir à praia quando mais ninguém vai, temos lugar onde queremos quer para estacionar o carro quer para pousar a toalha... Melhor... Temos até a possibilidade de deixar a mochila ao abandono e correr pela praia o tempo que quisermos porque se alguém se aproximar seguramente que vemos! LOL
Agora fica só uma sugestão: quando terminar a crise podemos arranjar uns aquecedores de Oceano como há nas caraíbas ou no mediterrâneo??? Facilitava tanto os mergulhinhos... ;)

sábado, 24 de abril de 2010

Preparação de viagem...



Se é verdade que adoro viajar, não é menos verdade dizer que adoro preparar viagens... Passo a vida a organizar vôos, transfers, hotéis ou pousadas para mim, para amigos, para a família se preciso for...
Estou agora nos preparativos das férias de setembro/outubro... Destino: Bratislava, Budapeste e Viena, com uma breve passagem por Londres e Cambridge.
O grande problema é que quando começo a preparar férias com esta antecedência lembro sempre o conjunto de viagens que já tive prontas e não pude fazer, senão vejamos:
- Londres em Nov 2006: comecei a trabalhar e não tive os 5 dias que contava ter;
- Dublin em Jun 2007: mudei de emprego duas semanas antes e bye bye 7 dias de férias;
- Itália (interrail) em Set 2008: demiti-me do HFF uma semana antes das férias... :p e apesar de ter o H Luz não havia certezas... desisti da viagem...
- Escandinávia em Julho 2009: com os companheiros de viagem já lá, eu iria ter a Oslo... Foi quando fui contactada para entrevista em coimbra para os HUC... Pior de tudo? Nem sequer aceitei o lugar... grumpf....
- Europa central (alemanha, austria, rep. checa) em interrail para Setembro 2009... Para aproveitar um bilhete que ganhei num concurso da CP... LOL Comecei a trabalhar em Coimbra e lá se foram outros 15 dias de férias...
Portanto, podemos concluir que o trabalho atrapalha em muito as minhas férias... O que vale é que em todas elas so existia bilhete de avião, portanto as perdas não foram assim tão significativas...
Espero desta vez estar a acertar finalmente nas desejadas férias programadas à distância... :p Ahh falta acrescentar que para todas as viagens não-realizadas o itinerário estava prontinho... Quem precisar de um é só pedir... LOL

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Papelada

Porque é que na era da informática ainda temos que preencher um sem-número de papéis para mexer uma palha? :p Deixem-me ser primeira-ministra que eu digo onde podem meter a papelada toda...

domingo, 18 de abril de 2010

Cruz Vermelha Portuguesa



Acabadinha de chegar de um exercício da CVP é hora de pensar:
- O que há de melhor do que dar o nosso tempo a uma causa tão nobre quanto ajudar a salvar vidas?
- Quantos de nós têm a enorme honra de vestir a farda da CVP e ainda contribuir na formação de novos membros?
- Quem se imagina a sair do hospital ás 8h para entrar no dia seguinte às 15h30 e ficar das 16h às 5h no meio do mato, a passear pelos lamaçais/vinhas/olivais das redondezas com um grupo de pessoas que trazem uma vítima numa maca feita com paus e camisolas????
- Quem conhece o espírito CVP e acha graça até às discussões?
LOL Eu tenho/sou tudo isto e é com enorme orgulho que vou participando sempre que posso nos fins-de-semana de campo, nos apoios sanitários (dias 12 e 13 em Fátima, à espera do papa! ), na equipa de emergÊncia local e, mais recentemente, na formação de novos voluntários...
São estas coisas que nos fazem sentir úteis fora do tradicional ram-ram da casa-trabalho... ;) Vou falar sobre isto mais algumas vezes... Como diria o meu irmão: eu canso-me mais quando não me pagam, se me pagassem por isto não me dedicava tanto! LOL